Bem-vindo à Norópolis

Elo da Corrente

foto: Mako

*Formação:
DJ PG - toca discos
Caio - voz
Pitzan - voz

• Nos shows da "Missão de Pesquisas Folclóricas" contam ainda com:
Marcelo Munari - guitarra
Rogério Martins - percussão
Rodrigo Brandão - voz

Grupo paulistano de rap formado em meados de agosto do ano de 2000 e que tem em sua formação atual dois remanescentes da formação antiga, Caio e Pitzan, e um integrante da nova formação, Dj PG no comando dos toca-discos.

Produto Mentalfaturado (Ascendência Mista) – Todos Ouvidos 1 e Todos Ouvidos 2 (Agacê Skateboards) – 100 Palavras (Revista 100% Skate) – Direto do Laboratório (Trama), - Sabor Hip-Hop (Casa 1), - Raps de Verão 1 (Paulo Napoli + Most), - Beats e Rimas vol.1 (Munhoz), - YOka - Pássaro Imigrante, são alguns discos lançados onde o grupo apresentou uma pequena porém significativa parcela de seu trabalho.

Influenciados pelo Jazz, Funk, Soul e acima de tudo pela música brasileira de forma geral; criam seus instrumentais embasados em pesquisas próprias sobre sonoridades características de décadas anteriores e compõem letras que abrangem situações cotidianas do cidadão comum da metrópole a experiências próprias de vida.

Em dezembro de 2007 o grupo lançou simultaneamente e de forma independente um vinil em parceria com o grupo Mamelo Sound System e a rádio online Boomshot, intitulado Boomshot apresenta Elo da Corrente & Mamelo Sound System; e também o aguardado álbum de estréia do trio Após Algumas Estações, lançado durante o maior evento de Hip-Hop do país na atualidade, o Indie Hip-Hop que acontece anualmente no SESC Santo André em São Paulo.

Participações em programas de televisão como “Manos e Minas” apresentado por Thaíde na TV Cultura e o seletivo quadro Ao Vivo do programa Trama Virtual exibido pelo canal pago Multishow, fizeram com que a banda expandisse seu campo de trabalho, atingindo assim um maior número de ouvintes.

Em 2008 saiu em turnê com as bandas 3 na Massa, Bodes & Elefantes, Mamelo Sound System e Maquinado para apresentar os recém lançados trabalhos em Campinas, Bauru, Catanduva, Ribeirão Preto e São Carlos.

Em maio de 2009 o grupo foi contemplado, através de uma parceria entre o Centro Cultural São Paulo e o Centro Cultural da Juventude, a preparar um show especial intitulado “Missão de Pesquisas Folclóricas” onde o Elo da Corrente teve acesso aos fonogramas captados nos anos 30 pela equipe de pesquisadores liderada por Mário de Andrade e em cima desse rico material o grupo de rap compôs 13 faixas para a apresentação, que aconteceu em junho no Centro Cultural São Paulo com ótimo público e receptividade.

Em 2010, voltaram a mostrar este show especial na Viarada Cultural 2010, no Museu da Imagem e do Som, em São Paulo e no Festival Batuque (SESC Santo André) fazendo o show de abertura para o artista nigeriano Femi Kuti.

Lançaram também um novo EP "O Sonho Dourado da Familia" com 07 novas faixas. 

Em agosto dividiram o palco com o grupo norte americano Airborn Audio (projeto de membros do Anti-Pop Consortium) no teatro do SESC Santana.

Atualmente o Elo da Corrente tem o objetivo de continuar apresentando o show "Missão de Pesquisas Folclóricas" para que este material de pesquisas de Mário de Andrade chegue cada vez mais para as pessoas. E para 2012 está previsto ainda um novo álbum, quando a banda celebra 11 anos de existência, amizade e trabalho em conjunto.



*Discografia:


• O sonho dourado da família
LP com 1 faixa bônus
Somatória do Barulho
2011


• O sonho dourado da família
EP
independente
2010


• Após algumas estações
CD
independente
2007


• Boomshot apresenta: Elo da Corrente & Mamelo Sound System
Split vinil
Boomshot
2007


Entre 2000 e 2010 - participaões nos lançamentos:
• Pássaro Imigrante (Yoka)
• Raps de Verão 1 (Paulo Napoli + Most)
• Beats e Rimas vol.1 (Munhoz)
• Sabor Hip-Hop (Casa 1)
• Direto do Laboratório (Trama)
• 100 Palavras (Revista 100% Skate)
• Todos Ouvidos 1 e Todos Ouvidos 2 (Agacê Skateboards)
• Produto Mentalfaturado (Ascendência Mista)